quarta-feira, 11 de abril de 2012

O que é o AMOR?


Texto de Adrízio Santiago 
(Formado em administração, estudante de filosofia, seminarista e um amigo da época do Colégio da Polícia Militar)

Eu defino o amor como o maior dos sentimentos que o ser humano pode sentir. É o mais nobre dos sentimentos, é o mais puro e profundo de todos, o amor nem a ciência consegue explicar, mas ele é a ciência que existe entre a mente e o coração, entre o sentimento e o pensamento, entre o corpo e a alma.

Amor verdadeiro não é aquele que é suprido de carinho, beijos e abraços, mas sim é aquele que resiste numa distância que há entre dois seres que se recusam estarem juntos, que suspeitam da verdadeira felicidade a dois, com medo do futuro. O amor não é impossível, mas só é possível quando há pessoas fortes capazes de lutar e dar a vida por aquilo que acredita, que não dependem da opinião de ninguém para dar esse grande passo, que não teme o que vão dizer e o que vão achar, do que vão pensar, isso são pessoas incapazes de lutar, pessoas imaturas, sem determinação, sem sonhos, sem esperança e que vivem milagres, mas o amor não é milagre, é lutar consciente, sabendo que ninguém é perfeito, mas que o amor é a perfeição que o ser procura encontrar para aceitar o outro como ele realmente é, independente de como nós queríamos que ele fosse. O amor não é infinito, não é do tamanho do universo, por que ambos são pequenos perante o amor, mas tenho certeza que o amor é eterno no infinito, no universo e dentro de nós, nem todo mundo sabe amar, pois o amor é maduro, tudo crê, tudo suporta e tudo espera. O amor não obriga ninguém a ficar com ninguém, não espera nada do outro, mas exige: - deixe eu te amar! Seja no silêncio, no pensamento, nos sonhos, na alma. Amar não é ter coragem de abrir mão da própria felicidade, mas é perdoar erros imperdoáveis. É achar a sua própria felicidade, amar não é coisa do destino, mas sim é um caminho pelo qual escolhemos levar alguém conosco por onde andarmos, passarmos ou até pra vida inteira a depender de sua intensidade. O amor verdadeiro nunca morre, apenas descansa e pode acordar e reacordar mais intenso, mais forte e cada vez mais eterno, mais puro, mais limpo e mais verdadeiro.

            Tem gente que não sabe amar \"mas até que 
ama \" e não sabe o significado da palavra amor, não conhece seu valor. Tem gente que ama o poder, mas tem gente que já nasce com o poder, o dom de amar, amar não é pra qualquer um, mas é pra todos que sabe os mistérios da vida e tudo que ela traz como: o que é sofrer, perdoar, respeitar, libertar, igualar, incluir, persistir, distinguir, dialogar, se auto avaliar, se conhecer, se aceitar e a cima de tudo se valorizar para jamais ser humilhado e machucado em um relacionamento e ser frustrado acreditando que amor verdadeiro não existe, é conhecer a própria razão e não viver na ilusão, e acima de tudo saber que a nossa felicidade não depende dos outros e sim de nós mesmos. Uma coisa é amar, outra é sentir e necessidade de ser amado.


Precisamos encontrar a felicidade dentro de nós, pra depois, dividir e encontrar a do outro, ou seja da pessoa que amamos e queremos viver ao seu lado. O amor nasce de uma decisão. Mas cresce de uma lágrima, com sofrimento, com dor para quem não sabe amar, mas para quem sabe nasce de uma escolha, cresce de um sorriso, de um passado ruim ou bom, de auto confiança, amor próprio, do que queremos, do que é certo ou errado e tem mais: nunca recusar-se a enxergar qual é o melhor pra cada um de nós ser feliz. 

O AMOR ETERNO EXISTE, MAS NÃO É O TEMPO EM QUE DURA UM RELACIONAMENTO, MAS SIM O TEMPO EM QUE DURA UMA PESSOA INTENSA, FORTE, INABALÁVEL DENTRO DA GENTE , QUE O TEMPO NÃO CONSEGUE APAGAR ESSE ALGUÉM DO MAIS PROFUNDO DE NOSSAS ALMAS.

"Para amar é preciso saber viver, saber escolher e principalmente
preciso amar as pessoas como se não houvesse o amanhã..."

3 comentários:

  1. Adorei o texto! Mto bonito e transmite realmente o que o AMOR é. Se todo mundo entendesse e pensasse assim, tudo seria tão diferente! Apesar de tão bonito e precioso as pessoas não o valorizam e acabam dando valor ao que não faz bem!

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do texto! Concordo com muita coisa do que ele diz!

    ResponderExcluir
  3. Gardênia Carvalho11 de abril de 2012 22:00

    Belíssimo texto! Amar não é tarefa pra qualquer um não viu? Tem que ser muito corajoso pra amar ,afinal quando amamos temos que estar preparados para brisas e tempestades. haha

    ResponderExcluir